Comércio sofre tentativa de furto na madrugada de sábado

12/08/2014 16:41

Comerciante mostra porta que após tentativa de furto foi trocada

Um estabelecimento comercial na rua XV de Novembro, no bairro Alto em Piracicaba (SP), foi alvo de tentativa de furto na madrugada deste sábado (09)

J.B.S., 72, proprietário do estabelecimento contou à Matéria Emplacada na manhã desta segunda (11), que por volta das 04h, o alarme foi acionado e os criminosos fugiram. Como o comerciante mora ao lado do estabelecimento junto com sua esposa, ambos foram até o local.

“A esta altura já tinham estourado a porta”, disse J.B.S., que logo acionou a Polícia Militar. O comerciante relatou que foram feitas duas chamadas a PM que foram ao local quatro horas depois, já às 08h. Os PM’s sugeriram ao casal a realizar um Boletim de Ocorrência.

Sua esposa, M.O.S, 75, foi a Delegacia de Policia e  de acordo com que a ME apurou, às 09h43 foi elaborado o B.O., que descreve como furto qualificado, “sem nada terem subtraído, somente danos materiais”.

O proprietario disse que um comerciante do mesmo bairro, havia visto pessoas correndo logo após o alarme ter acionado. A reportagem da ME, procurou o comerciante citado, porém não foi localizado.

Comércio já foi alvo de furto

Em janeiro deste ano, o mesmo estabelecimento foi alvo de furtos. De acordo com J.B.S., 19 pacotes de cigarros, bebidas destiladas e celulares foram levados, entre outros produtos.

Na ocasião, segundo o comerciante, o prejuízo foi entre dois e três mil reais. “Só a porta foi R$ 786,00”, falou.

J.B.S, afirma também que a renda mensal do casal não cobre os prejuízos. “Um rendimento que não paga todas as contas do mês. Não vou recuperar 

 

mais nada”, lamenta.

Segundo apuração feita pela Matéria Emplacada, o casal paga no mínimo R$ 2.080,00 de contas, entre eles o Plano de Saúde, de aproximadamente R$ 1.000,00 .

Para J.B.S., os autores do crime deste sábado podem ser o mesmo de janeiro. E o proprietário, disse que foi intimado para outubro a uma audiência 

prestar depoimento e levar as possíveis testemunhas.

O laudo realizado pelo crime de sábado será enviado ao 2° DP (Delegacia de Polícia) de Piracicaba. O B.O. foi assinado pelo delegado Pedro Guimarães Filho.

 

 

 

 

 

Reportagem: Reinaldo Diniz

Fotos: Reinaldo Diniz