Aula gratuita ensina população a andar de bicicleta

01/08/2014 00:32

Projeto é gratuito e para todoas as idades (Foto: Reinaldo Diniz)

 

Com a inauguração do projeto Ciclofaixa de Lazer em São José do Rio Preto (SP), a população pode também, se desfrutar de uma escola de ciclismo.

As aulas ocorrem no Centro Esportivo Júpiter Olímpico, ao lado da represa, diariamente das 09 às 12 horas e das 13 às 17 horas.

Três monitores auxiliam os alunos, sem padrão de idade, a adquirir mais experiências e até mesmo, aprender a andar nas bicicletas. No início de cada período do dia, os alunos aprendem as teorias, que de acordo com Jeferson Fernet, coordenador do projeto, estão a manutenção do veículo, mudança de marchas e “até preparação de como andar no trânsito”.

Para participar das aulas, os interessados realizam um cadastro, que a partir dele, é feito um cartão que também pode ser usado para acessar outros espaços do Centro. Para se cadastrar é necessário portar duas fotos (3x4), documento com foto e comprovante residencial.

 “Caso o interessado for menor de 18 anos, os pais assinam um termo de responsabilidade”, ressalta Fernet, também conhecido como Max.

O coordenador aponta também, que todos os procedimentos de cadastro até a utilização do Centro são gratuitos.

As bicicletas utilizadas nas aulas são do próprio projeto. De diversos tamanhos, se adequando ao tamanho do aluno. Fernet disse que no total são 110 ‘bikes’. 10 pequenas e 100 grandes.

“Estamos agregando outros projetos de Rio Preto”, afirma o coordenador mostrando que diversos projetos sócio-educativos estão sendo incorporados no projeto Ciclofaixa de Lazer.

Andando de bicicleta apenas por diversão, o estudante Vinicius Fernandes, 20, esteve participando das aulas pela primeira vez na quarta-feira (30). “Vim apenas para incentivar as crianças a andar de bicicleta”, afirmou.

Mirella Destro, 09, não sabia andar de bicicleta, e que por incentivo da tia, a administradora, Milene Destro, 28, teve sua primeira aula, também nesta quarta-feira.

“Eu tentava andar e não conseguia”, lamenta Mirella quem em poucas horas de aula já andava “mais ou menos”. “Viemos na ciclofaixa e ficamos sabendo das aulas”, disse a tia.

Quem também esteve acompanhando a sobrinha (Mirella), é a jornalista Malu Pontes, 37. Malu contou à ME, que há 15 dias levou sua filha, Victória Campos, 08, as aulas, e que ela “amou!”. “É importante quando aprendemos quando criança. Não esquecemos mais!”, disse a jornalista, que expressa: “Se não aprende em casa, ninguém ensina”, manifestando que é “difícil encontrar” aulas de ciclismo.

Ciclofaixa

Em funcionamento em diversas cidades do Estado de São Paulo, o projeto Ciclofaixa de Lazer, é realizado em Rio Preto, por meio das secretarias de Esporte e Lazer, Meio Ambiente e Trânsito, Transportes e Segurança, com apoio do Governo Estadual.

A atividade une as ciclovias do Parque da Represa e do Parque do rio Preto, que ocorre aos domingos das 07 às 16 horas.

“Para as pessoas que não dispõe de bicicletas, a secretaria de Esportes vai disponibilizar 100 bicicletas Montain Bike, com 21 marchas­­­­­­­­­, para serem utilizadas sem custo, por uma hora", informou a Prefeitura Municipal de Rio Preto.

O Executivo afirma que o usuário deverá deixar o RG. “As bikes ficarão disponíveis no Júpiter Olímpico”, denota.

 

Coordenador aponta média de 20 alunos por semana (Foto: Reinaldo Diniz)

São disponibilizados três monitores a auxiliar os alunos (Foto: Reinaldo Diniz)

 

Reportagem: Reinaldo Diniz